Carlinhos Maia apresenta show de humor 'Mas, Carlos!' pela primeira vez no AP


-------------------------------------------

Michele Maycoth interpreta sucessos de Maria Gadú em noite romântica no AP


-------------------------------------------

Exposição 'Minha Aldeia' reúne fotografias inspiradas no cotidiano amapaense


-------------------------------------------

Peça teatral amapaense vai narrar acontecimentos 19 anos depois do último livro de Harry Potter


-------------------------------------------

Levantamento do G1 mostra variação de preço nas opções de transporte em Divinópolis; confira


-------------------------------------------

Show de humor em Macapá leva histórias de ribeirinhos da Amazônia para o teatro


-------------------------------------------

Sem dinheiro, venezuelanos acampam às margens de rodovia na fronteira do Brasil: 'aqui pelo menos temos comida'


-------------------------------------------

Barracas de apoio aos romeiros começam a funcionar nesta sexta na BR-365 em Patos de Minas


-------------------------------------------

Quilo do Pirarucu é vendido em Rondônia por R$ 9,36 no valor médio


-------------------------------------------

Confira as vagas de emprego do Sine em Macapá para o dia 24 de julho


-------------------------------------------

Com surto na região Norte, campanha contra o sarampo no AP começa em agosto


-------------------------------------------

Polícia Civil de Juiz de Fora recebe denúncia de mais uma empresa que teve contêineres desviados
Duas firmas são de São Paulo e uma de Belo Horizonte. Até agora, mais de 40 equipamentos foram localizados, mas a investigação segue em andamento. A 2ª Delegacia de Polícia Civil de Juiz de Fora identificou mais uma vítima da quadrilha de estelionatários que desviou e revendeu contêineres para empresários na Zona da Mata. A terceira empresa, de São Paulo, enviou representantes à cidade com informações sobre os bens extraviados delas. Conforme a Polícia Civil, por causa da numeração que identifica cada um, foi possível notar que mais 22 foram localizados na sexta-feira (20), nas mesmas empresas. O G1 entrou em contato com a Braga Container, em Matias Barbosa, e com a Vila Container, em Juiz de Fora, solicitando posicionamento sobre o caso e aguarda retorno. Ainda não foi descartado que mais contêineres extraviados e revendidos estejam na região. De acordo com a transportadora, foram 56 desviados das empresas proprietárias. Em Juiz de Fora, o caso de receptação culposa, quando as vítimas adquirem o produto, mas deveriam desconfiar de origem ilícita, segue em apuração. Quando o procedimento for finalizado, será encaminhado para as delegacias de Belo Horizonte e São Paulo, onde o golpe foi aplicado e é investigado o caso de estelionato. Até agora, a investigação aponta que o golpe foi aplicado por integrantes de uma quadrilha. Eles teriam clonado uma empresa que trabalha com exportações, usando inclusive o cadastro dela. Já foram identificadas como vítimas uma empresa de Belo Horizonte e duas de São Paulo, que trabalham como intermediárias entre as grandes firmas exportadoras e os armadores, viabilizando os contêineres para o transporte de produtos variados para o exterior. Um contêiner novo é avaliado em US$ 5 mil e o prejuízo estimado pelas três empresas chega a R$ 1 milhão. Conforme informações da Polícia Civil ao G1, o rastreamento indicou que 16 dos contêineres localizados em Minas Gerais estavam bloqueados e, mesmo assim, foram retirados do cais. A Polícia Civil segue apurando a participação da empresa localizada em Campos Elísios, Duque de Caxias, onde os contêineres foram entregues. As informações apontam que os supostos empresários estavam cientes e ajudaram no golpe. Os empresários em Juiz de Fora e em Matias Barbosa não apresentaram nota fiscal da aquisição dos contêineres por R$ 8 mil. Além de responder por receptação culposa, eles também terão de prestar contas às receitas Estadual e Federal, que serão informadas da investigação por ofício da Polícia Civil. Os 43 contêineres permaneceram nas empresas onde foram localizados, como depositários fiéis, até que sejam devolvidos aos legítimos donos.

-------------------------------------------

Segunda edição do ‘Encontro de Bateristas do Triângulo’ é nesta terça-feira em Uberlândia


-------------------------------------------

Comissariado do AP fiscaliza embarque de menores para o Festival do Camarão no PA


-------------------------------------------

Ceará tem 66 municípios com emergência reconhecida pelo Governo Federal


-------------------------------------------

Laudo aponta praias impróprias para banho durante as férias em São Luís


-------------------------------------------

Bombeiros combatem vários focos de incêndio no Distrito Industrial em Uberlândia; veja vídeo


-------------------------------------------

Municípios de Rondônia se preparam para extinguir lixões a céu aberto


-------------------------------------------

Ingressos para Campanha de Popularização Teatro e Dança de Juiz de Fora começam a ser vendidos


-------------------------------------------

MPCE apura se há irregularidade em festa com concurso de 'saia mais curta'
A festa 'Forró da Minissaia' está marcada para o dia 25 de agosto, em Beberibe, no Ceará; o prêmio oferecido para o primeiro lugar é de R$ 150.  Um evento de forró que divulga concurso da “saia mais curta” em Beberibe, no Ceará, se tornou alvo de apuração do Ministério Público do Ceará, já que o panfleto de divulgação da festa anuncia um cantor adolescente como uma das atrações, ao lado da imagem de uma mulher de costas com as nádegas à mostra, ilustrando o tema do evento. A festa “Forró da Minissaia” está marcada para 25 de agosto, no Clube do Chico Duda, e promete premiar mulheres que comparecerem com a saia mais curta. O valor oferecido para o primeiro lugar é de R$ 150. Conforme mostra o panfleto, a organização do forró é da empresa “Malino Produções e Magno”. O G1 procurou os responsáveis pela festa e pelo concurso de menor saia, mas não obteve resposta. Procedimento administrativo Por meio de nota, o Ministério afirma que a Promotoria de Justiça da Comarca de Beberibe instaurou procedimento administrativo após tomar conhecimento do conteúdo do panfleto, “e notificará a produtora do evento, o dono do espaço e os responsáveis pelos supostos adolescentes, para apurar os fatos”. Caso sejam constatadas irregularidades, o Ministério Público deve adotar medidas legais, expedindo recomendação. Caso as recomendações sejam desobedecidas, o órgão pode ingressar com ação civil pública para evitar que o evento ocorra e, eventualmente, punir os responsáveis.

-------------------------------------------

Um ano após anúncio, videomonitoramento no Parque do Sabiá em Uberlândia segue sem conclusão


-------------------------------------------

Mulher presa com droga na vagina em Macapá é solta após audiência de custódia


-------------------------------------------

Corpo é encontrado em Araújos, MG


-------------------------------------------

Guinness Book registra maior orquestra de viola do mundo durante evento em Uberlândia


-------------------------------------------

Umidade relativa do ar pode chegar a 20% em cidades do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba


-------------------------------------------

'Filme de terror', diz policial que resgatou animais abandonados em casa no Ceará


-------------------------------------------

Céu nublado marca início da semana em cidades da Zona da Mata e Campo das Vertentes


-------------------------------------------

Previsão é de névoa seca e céu nublado durante a semana no Centro-Oeste de MG


-------------------------------------------

Rompimento de barreira no Rio Araguari causa problemas ambientais em Uberlândia
Grupo de ambientalistas denunciou a situação na região do Pau Furado. Consórcio Capim Branco disse que iniciou processo de investigação das causas. O rompimento de um dique - barreira de contenção de água - que fica nos limites do Parque Estadual do Pau Furado, em Uberlândia, foi denunciado por um grupo de ambientalistas e está causando problemas ambientais na Bacia do Rio Araguari. O consórcio Capim Branco Energia, órgão responsável pela estrutura, informou por meio de nota que assim que identificou o problema acionou os órgãos competentes e iniciou o processo de investigação das causas. Esclareceu ainda que uma equipe técnica está monitorando a situação e trabalhando no reestabelecimento do dique. Rompimento de barreira no Rio Araguari causa problemas ambientais em Uberlândia A soleira é utilizada para manter o fluxo de quantidade mínima de água com o intuito de preservar os ambientes aquáticos e a biodiversidade em áreas próximas a barragens. O grupo "Amigos da Cachoeira" informou que o rompimento aconteceu no mês passado e o buraco na estrutura acabou alterando o ambiente aquático. A monitora do grupo ativista, Rafaela Resende, disse que desde que o problema começou nada foi feito. “O Igam [Instituto Mineiro de Gestão das Águas] já fez multa diária ao Capim Branco, mas não temos nenhum relatório, nenhuma informação dos danos já causados e previsão para o problema ser solucionado”, comentou. Parque do Pau Furado ainda tem reflexos do incêndio que devastou parte da reserva em Uberlândia A veterinária especialista em aves, Graziela Pascoli, explicou que até espécies nativas estão desaparecendo por esse motivo. “Nós temos a andorinha de coleira, que é uma ave ameaçada de extinção, que tem populações muito reduzidas e é encontrada principalmente na Bacia do Rio Paranaíba, principalmente aqui no Rio Araguari. E esse tipo de ambiente não é propício para ela. Ela simplesmente desaparece“, comentou Além disso, há diversas espécies de peixes sendo prejudicas, segundo a especialista, porque são dependentes de correnteza para manter a ecologia local das espécies.

-------------------------------------------

Prefeitos da região Centro-Oeste de MG se reúnem em Divinópolis para debater atraso no pagamento do Fundeb


-------------------------------------------

Padre é atropelado por motorista embriagado perto de igreja em Juiz de Fora
Teste do etilômetro apontou resultado três vezes acima do limite permitido por lei no condutor. Pároco passa bem, segundo Arquidiocese. O padre Heveraldo José Sales Borges, de 47 anos, foi atropelado na noite de domingo (22) por um motorista embriagado perto da Igreja Católica onde ele é pároco, no Bairro Santa Terezinha, em Juiz de Fora. De acordo com o Registro de Evento de Defesa Social (Reds) da Polícia Militar (PM), o teste de etilômetro aplicado ao motorista, de 48 anos, apontou 1,21 miligrama de álcool por litro de ar expelido. A legislação considera crime de trânsito tudo o que ficar acima de 0,33 mg/l. Ele contou aos policiais que seguia pela Avenida Rui Barbosa quando foi obrigado a desviar de um ciclista que atravessou na frente do carro. Por isso, ele precisou subir na calçada, atingindo o padre. Ainda segundo a PM, o motorista apresentava sinais de embriaguez, como andar cambaleante, olhos vermelhos, fala desconexa e hálito etílico. Inicialmente, ele se recusou a fazer o teste, mas depois aceitou passar pelo exame. Uma testemunha desmentiu o relato do motorista e disse aos policiais que ele transitava em alta velocidade e tentou fazer uma curva à esquerda, perdeu o controle do carro e atingiu o pedestre. A mesma testemunha afirmou que não havia nenhum ciclista passando pelo local no momento do acidente. O pároco foi atendido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e foi encaminhado à Santa Casa de Misericórdia. De acordo com a assessoria da Arquidiocese de Juiz de Fora, ele foi medicado e liberado e não irá falar sobre o assunto. Os policiais conversaram com o padre durante o atendimento hospitalar. Ele contou que estava na calçada quando foi atingido pelo veículo, que o jogou no chão. Recebeu ajuda para se levantar e aguardou a chegada do Samu. O motorista recebeu voz de prisão em flagrante, teve a carteira de habilitação recolhida e foi encaminhado para a delegacia do Bairro Santa Terezinha. Ele teve a prisão ratificada e foi liberado após pagamento de fiança. O auto de infração sobre o caso foi emitido e enviado para a Secretaria de Transportes e Trânsito (Settra). Após os trabalhos da perícia, o carro foi levado para um pátio credenciado ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran) na cidade. O caso será encaminhado para a 4ª Delegacia de Polícia Civil.

-------------------------------------------

Procon suspende atendimentos nesta terça e quarta para mudança de endereço em Araxá


-------------------------------------------

Homem persegue esposa com facão após vítima voltar de festa familiar em RO


-------------------------------------------

Quase dois anos após matar grávida e roubar bebê em Ituiutaba, quatro acusados aguardam julgamento


-------------------------------------------

Homem é preso pela Polícia Civil por suspeita de envolvimento com roubos em Muriaé e região
Segundo delegado, foram necessárias três semanas de campana para cumprir o mandado de prisão preventiva. Homem foi para sistema prisional. Um homem de 43 anos foi preso por suspeita envolvimento com roubos na região de Muriaé. De acordo com a Delegacia Regional de Polícia Civil, havia um mandado de prisão preventiva contra ele, que, segundo a polícia, tem envolvimento em roubo de cargas, veículos e residência em cidades próximas. Ele foi encaminhado para uma unidade prisional. "Foram três finais de semanas de campana, porque ele não tinha endereço fixo e a gente recebeu informações de que ele só estaria na cidade nestes dias. Conseguimos localizá-lo no Bairro Cardoso de Melo e cumprir o mandado", explicou o delegado regional José Roberto Machado Demétrio. Segundo o delegado, o homem de 43 anos é natural de Duque de Caxias, mas mora há alguns anos em cidades da região de Muriaé. A prisão foi consequência de uma investigação contra ele. "Foi um inquérito remetido à Justiça. A princípio foi solicitada a prisão temporária, mas ele não foi localizado. Agora, com o indiciamento, o pedido foi convertido para preventivo e conseguimos o cumprimento", disse. O delegado informou que o homem tem envolvimento em diferentes crimes na região e confiava que permaneceria impune. "No caso mais recente, ele orientou a vítima que procurasse a polícia, como um desafio, porque confiava que nunca seria preso", destacou o delegado. De acordo com a Polícia Civil, os casos de roubos de cargas na região seguem em investigação. Quem tiver informações que ajudem pode repassar, de forma anônima, pelo telefone da PM, 190, pelo telefone da Polícia Civil, 197 ou pelo Disque-Denúncia Unificado (DDU), 181.

-------------------------------------------

10 mil pessoas foram indenizadas por invalidez após acidente de trânsito em 2018 no Ceará


-------------------------------------------

Quatro pessoas são presas por tráfico de drogas em Porto Velho
Prisão aconteceu na Zona Norte de Porto Velho. Suspeitos confessaram que a droga seria entregue a um comprador. Quatro pessoas foram presas por tráfico de drogas na noite do último domingo(22) no Bairro Flodoaldo Pontes Pinto, Zona Norte de Porto Velho. Segundo a Polícia Militar(PM), na residência de um dos envolvidos foi localizada uma balança de precisão, comprimido de droga sintética e sacos para envelopar drogas. De acordo com o boletim de ocorrência, os suspeitos foram abordados em um carro e no imóvel foi encontrado um tablete de substância entorpecente. Os envolvidos confessaram que a droga seria entregue a um comprador. A PM foi até a residência de um dos suspeitos e no local foi localizada uma balança de precisão, comprimido de droga sintética e sacos plásticos, que provavelmente seriam usados para envelopar a droga. Depois do flagrante, os suspeitos foram conduzidos à Central de Polícia. Veja as últimas notícias da região no G1 Rondônia.

-------------------------------------------

Criminosos arrombam agência bancária em Uberaba e furtam dinheiro
Ocorrência foi registrada neste domingo (22), no Bairro São Benedito. Santander disse que está colaborando com as investigações; agência funciona normalmente. Criminosos arrombam agência bancária em Uberaba e furtam dinheiro Na manhã deste domingo (23), criminosos furtaram dinheiro da agência do banco Santander, na Praça Vicentino Rodrigues da Cunha, em Uberaba. Eles tiveram acesso ao local depois de arrombar as portas da agência. O G1 entrou em contato com a assessoria de imprensa do Santander. O banco informou que está colaborando com as investigações e que a agência em Uberaba está funcionando normalmente. A quantia levada pelos ladrões não foi informada. Segundo a Polícia Militar (PM) as portas de vidro interna e externa do banco estavam arrombadas, assim como a porta interna que dá acesso aos caixas eletrônicos. Foi constatado que os ladrões fizeram furos na parte de trás do cofre e, com a ajuda de um pé de cabra, abriram o objeto e pegaram o dinheiro. Os criminosos fugiram deixando ferramentas no local. A perícia da Polícia Civil recolheu um pé de cabra; um óleo lubrificante que, segundo a PM, provavelmente foi usado para resfriar a quina usada para fazer os furos na parte de trás do cofre; um transformador; uma caneta; um pincel e uma fita adesiva.

-------------------------------------------

Sine de Ji-Paraná oferta 16 vagas de emprego nesta segunda-feira, 23


-------------------------------------------

Condutor de carro morre após bater em árvore na MG-285 em Piraúba
Ele teria perdido o controle da direção do veículo em uma curva no km 97. Um homem, de 30 anos, morreu após colidir o carro que conduzia em uma árvore na MG-285, em Piraúba, na noite de sábado (21). De acordo com a Polícia Militar Rodoviária (PMR), o homem teria perdido o controle do veículo em uma curva e batido em uma árvore na altura do km 97. Com a colisão, o motorista foi arremessado para fora do carro. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e chegou a encaminhar o motorista a um hospital em Rio Pomba. Segundo a PMR, no entanto, o homem não resistiu aos ferimentos.

-------------------------------------------